Ximbinha diz que parou de dormir com Joelma um ano antes da separação – Arroba News
Siga o EGOBrazil nas Rede Sociais

Musica & Youtube

Ximbinha diz que parou de dormir com Joelma um ano antes da separação

Publicado a

em

Ximbinha, de 49 anos, deu detalhes sobre o fim do seu casamento com a cantora Joelma, de 49. Com o rompimento do então casal, a Banda Calypso também chegou ao fim, em 2015. De acordo com o guitarrista, o relacionamento já tinha acabado muito antes dos artistas tornarem o rompimento público.

“A gente já vivia em quartos separados há muito tempo, há mais de um ano”, contou Ximbinha no podcast Inteligência Ltda. “Não tinha contato há mais de um ano de marido e mulher. Não ficava nem no camarim com ela”.

A maior dificuldade para Ximbinha não foi lidar com o fim do casamento, mas término da banda que liderava com Joelma. “Não sofri pelo relacionamento [ter acabado]. A Banda Calypso era minha alma. Foi muito difícil para sair do meu corpo. Pedi a Deus, porque tudo o que tem ali faz parte da minha vida. Eu me esforcei muito para acontecer. Sofri muito pela banda”, afirmou.

Após o término da banda, Ximbinha tentou emplacar com um novo grupo, mas desistiu após algumas apresentações. “Fiz um projeto chamado Banda XCalypso. Foi em seguida, mas não estava bem. Fiz 16 shows e parei um tempão. Fiquei dois anos em casa. Eu precisava desse tempo. Fiquei mal, estava tomando remédio”.

Joelma e Ximbinha — Foto: Reprodução/Instagram
Joelma e Ximbinha — Foto: Reprodução/Instagram

“Comi o pão que o diabo amassou”

Ximbinha explicou que não estava bem por toda a situação que estava passando. Na época, a maior parte dos fãs da Banda Calypso saíram em defesa de Joelma. “Comi o pão que o diabo amassou. Foi muito difícil, uma separação muito complicada. Muita gente jogando pedra, muita gente falando coisas que não sabia. Tive um anjo da guarda que papai do céu colocou na minha vida, que foi a Sonia Abrão. Ela me defendeu com unhas e dentes”, falou.

Na visão do guitarrista, boa parte do hater que sofreu foi motivado pelas atitudes da ex-mulher: “Ela jogou em Brasília 50 e poucas mil pessoas para me linchar em um show. Eu saí fugido, me tranquei dentro do aeroporto. Cheguei 5h da manhã e meu voo era 10h. Fiquei triste demais, chorando. Quando embarquei e cheguei em casa, não tinha um móvel. Minha filha estava no chão estudando”.

O músico também declarou que arcou sozinho com as dívidas da empresa que tinha com Joelma após o término da Banda Calypso.

** A opinião expressa neste texto não é necessariamente a mesma deste site de notícias.

© A reprodução deste conteúdo é estritamente proibida sem autorização prévia.

Tiago Ghidotti

Continue Lendo

Mais Lidas

© Todos os direitos reservados - Parceiro de Conteúdo do EGOBrazil